quinta-feira, 19 de novembro de 2009

Supremo decide que prerrogativa de extraditar Battisti é de Lula

Presidente do STF queria impor entrega de ativista à Itália, mas viu sua tese ser derrotada por 5 votos a 4

Felipe Recondo e Mariângela Gallucci, BRASÍLIA


Está nas mãos do presidente Luiz Inácio Lula da Silva o destino do ativista italiano Cesare Battisti. Com o aval do Supremo Tribunal Federal (STF), Lula poderá negar-se a entregar Battisti ao governo italiano para que cumpra a pena por quatro assassinatos cometidos na década de 70, quando integrava o movimento Proletários Armados pelo Comunismo (PAC). Pela decisão do STF, Lula pode, se assim quiser, manter o ativista no Brasil.

Leia a matéria completa no ESTADÃO DE HOJE

Postagens populares