quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Kassab decreta calamidade pública em região do Jd. Romano

Decreto determina que setores devem adotar providências emergenciais, como obras, no período de 90 dias

Maíra Teixeira, da Central de Notícias

O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), decretou nesta terça-feira, 2, estado de calamidade pública na região do Jardim Helena, na zona leste da capital. A informação será publicada no Diário Oficial do Município desta quarta-feira, segundo a assessoria de imprensa da Prefeitura, que informa ainda existirem ruas alagadas em vários bairros da região.

A Subprefeitura de São Miguel administra a região, que engloba bairros como o Jardim Romano, Chácara Três Meninas, Vila das Flores, Jardim São Martino, Jardim Novo Horizonte, Vila da Paz, Jardim Santa Margarida, Vila Seabra, Jardim Noêmia, Vila Aimoré, Vila Itaim e Jardim Pantanal.

O decreto determina que os setores competentes devem adotar, de imediato, providências relativas "à realização de obras, contratação de serviços e compras necessárias, em caráter emergencial, pelo período de 90 dias."

A Secretaria Municipal de Habitação já cadastrou 5.829 famílias para serem retiradas da área de várzea do Rio Tietê nos bairros da região do Jardim Pantanal - que sofrem com alagamentos desde o início de dezembro. Outras 1.359 famílias estão recebendo o auxílio aluguel e 302 já se mudaram para apartamentos da CDHU em Itaquaquecetuba.

Fonte: Estadão.com.br

Postagens populares