quarta-feira, 8 de dezembro de 2010

Qual a verdadeira função da TV Câmara?


A imagem acima foi copiada da página inicial do site da Câmara Municipal de São Paulo, para ilustrar a ideia que tenho sobre a função da TV Câmara. Nada tem a ver o slogan com a realidade do dia a dia de uma emissora que é mantida com dinheiro público, portanto paga por nós, que deveria mostrar os fatos com transparência e um verdadeiro jornalismo.

Na terça-feira (07/12), a marcação de presença dos ilustres vereadores foi oral, segundo o vice-presidente Dalton Silvano (PSDB) o painel estaria apresentando problemas, após o registro de presenças  o vereador começou a fazer a abertura da sessão quando foi interrompido pelo vereador Adilson Amadeu (PPS) que pediu a palavra e protestou aos berros contra o blog do PPS que segundo ele comparava o "centrão" ao comando vermelho do Rio de Janeiro, com ofensas e palavras de baixo calão dirigidas ao deputado Roberto Freire.

Em seguida o vereador Claudio Fonseca (PPS) pediu a palavra para fazer a defesa de seu partido, foi quando o vereador Adilson Amadeu partiu em direção ao mesmo ameaçando e quando se aproximava para consumar a agressão física (o vereador Adilson Amadeu empurrou Cláudio Fonseca no peito) a TV Câmara cortou as imagens rápidamente e foi para o intervalo comercial. Após acalmado os ânimos voltou a transmitir ao vivo novamente, o vereador Dalton Silvano usou como desculpa o prazo final para entrega de emendas referente ao orçamento municipal de 2011 que se encerrou ontem e deu por encerrada a sessão.

Na sessão de hoje (08/12), após a marcação de presença e abertura dos trabalhos (com 19 vereadores presentes) o vereador Carlos Alberto Bezerra Jr. (PSDB) pediu a nova marcação de presença, o plenário foi esvaziado e com apenas nove vereadores a sessão foi encerrada novamente.

A TV Câmara, emissora que deveria fazer uma cobertura fiel dos acontecimentos e informar ao cidadão que a mantém, limita-se a reapresentação de programas gravados e quase sempre com os mesmos e previlegiados vereadores. Normalmente após o encerramento a reporter entra em ação e entrevista alguns vereadores que participaram da sessão levando até o telespectador suas posições a respeito dos assuntos ali discutidos, o que não tem acontecido ultimamente.

Parece que existe alguma ligação entre a mesa e a diretoria da emissora, que mostra apenas o que interessa aos vereadores tentando resguardar a imagem da casa. Imagem esta que está arranhada por tantos escândalos, as custas de ameaças e agressões fisicas que são negadas pelos autores e coadjuvantes desta novela que está por encerrar-se no dia 15/12, quando haverá a eleição para a presidência da casa legislativa e até lá muita coisa ainda por acontecer e com a mais absoluta certeza continuará sendo ignorada pela emissora que leva a política da cidade.

Fica a pergunta:

Qual a verdadeira função da TV Câmara?

Postagens populares