segunda-feira, 20 de junho de 2011

UBS Vila Rica, porque continuamos sem médicos?

UBS Dr. Augusto L. A. Galvão - Vila Rica
Em 20/05/2011 tinha consulta agendada para as 10,00 horas, estava aguardando para receber resultado de exames efetuados em janeiro, solicitados por uma médica que trabalhou por lá alguns dias. Satisfeito com o atendimento recebido por uma jovem médica, sorridente e atenciosa, agradeci pela atenção recebida e já estava quase de saída quando fui informado por ela que também estava de passsagem "O senhor me desculpe, mas as condições de trabalho por aqui são péssimas e também já estou de saída". Aproveitei a deixa e como uma pessoa preocupada com a constante falta de médicos naquela UBS fiz lhe algumas perguntas, no que obtive as respostas de imediato como se estivessem na ponta da lingua da jovem médica.

Aproveitando a boa vontade da jovem, fizemos o seguinte balanço do quadro de médicos naquela oportunidade (20/05): Existiam no quadro 05 médicos, sendo que 01 estava em férias, 01 em licença médica, sobraram 03 para atendimento aos pacientes de 07 equipes do PSF (Programa de Saúde da Família) e, como a médica que me atendeu também estava de saída, sobrariam apenas 02 médicos para atendimento de acolhimento (pelo mínimo 16 atendimentos), seus pacientes agendados e os das equipes que estavam sem médicos.

Hoje, um mês depois, passei por lá e as condições não mudaram em nada quanto ao quadro de médicos. Apenas 03 fazem o atendimento e como uma funcionária me falou quando perguntei o porque de não existir filas no dia de hoje, de pronto ela respondeu: "Não há motivos para filas, pois não tem médicos para atender, então o povo aproveita o friozinho é dorme até mais tarde".

Hoje por volta das 11,00 horas, o prefeito Gilberto Kassab (Sem Partido) foi sabatinado pela Folha de São Paulo e Portal UOL, quando interpelado sobre os problemas de atendimento na saúde pública não se cansou de elogiar o sistema e a quantidade de UBS's e AMA's inauguradas em sua gestão. Todos sabemos que a maioria das AMA's foram construidos "puxadinhos" em UBS's e transformados em AMA's. A conclusão que se chega é de que não adianta inaugurar equipamentos sem contratar médicos para o atendimento a população. Segundo informações que levantamos fácilmente através da comissão de saúde na Câmara Municipal e da própria diretora da UBS, o déficit de médicos na secretária de saúde do municipio gira em torno de 30%. Discordo totalmente deste cálculo, pois se uma UBS com o quadro de sete médicos existem apenas 3 trabalhando deveriam ser no mínimo 05 médicos.

Mais uma vez fica aqui o endereço da UBS, caso alguém se interesse em resolver este problema: Rua Joaquina Maria dos Santos, 198 - Vila Rica. (Fone: 3851-8235).

Na foto abaixo, aproveito para mostrar a condição que se encontra a calçada ao lado da UBS, verdadeiro lixão e mato alto.

Rua Conceição do Pará, ao lado da UBS na Vila Rica.

Postagens populares