quarta-feira, 31 de agosto de 2011

Kassab veta Dia do Orgulho Hétero e diz que projeto é inconstitucional

Prefeito argumenta que projeto de lei também é contra o interesse público. Texto aprovado pela Câmara Municipal de SP foi devolvido a vereadores.


Roney DomingosDo G1 SP
Carlos Apolinário (Foto: Roney Domingos/ G1)O autor do projeto, Carlos
Apolinário (Foto: Roney Domingos/ G1)
O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab, vetou o projeto de lei 294/2005, do vereador Carlos Apolinário (DEM), aprovado em 2 de agosto pela Câmara Municipal de São Paulo, que instituiu na cidade o Dia do Orgulho Heterossexual. Nas razões de veto encaminhadas ao presidente da Câmara Municipal de São Paulo, José Police Neto, Kassab afirmou que o projeto de lei é "materialmente inconstitucional e ilegal, bem como contraria o interesse público."
Leia a matéria completa no Portal G1

Postagens populares