terça-feira, 8 de maio de 2012

Inclusão digital para garis


No primeiro dia no espaço da ONG Educa São Paulo, na Praça da Bandeira, 69, no centro de São Paulo, para divulgar o projeto de inclusão digital para garis, que começa dia 21 de maio, Carlos Santos, o professor Tiziu, e  a estagiária Ana, do Núcleo de Trabalhos Comunitários da PUC-SP, ficaram impressionados com a fome de internet dos garis.  Muitos varredores têm computadores de última geração e estão fora do mundo virtual. Compraram notebooks, mas têm grandes dificuldades de leitura e escrita. Também existem os garis  que navegam com facilidade e podem ser até professores de informática.

Texto e Foto: Devanir Amâncio, da ONG Educa São Paulo

Postagens populares