terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Hoje é dia de reflexão!


É chegada a hora de encher o coração de esperanças, comemorar a entrada de um novo ano, muita festa e alegria por todos os lados, também é hora de reflexão.

Pessoalmente nada tenho a pedir, a não ser agradecer pelo fato de estar vivo e com muita vontade de encarar o novo desafio que está por vir. No ano passado pedi e meu desejo foi realizado, atravessei mais um ano, e aqui estou eu novamente com a mesma esperança.

Esperança de que no novo ano possamos ter muita paz, felicidade e muito tempo para refletir sobre nossos atos, isso mesmo, o que andamos fazendo pelo nosso futuro e o que queremos deixar para nosso filhos e netos . A vida não é só conseguir uma boa situação financeira, nosso sucesso também depende daquilo que fizemos e podemos fazer pelo nossos semelhantes. 

Muita gente nos rincões deste imenso país, hoje não têm o que comemorar, esquecidos pelo poder público e eternamente enganados por políticos inescrupulosos que só lembram que eles existem de quatro em quatro anos, quando tornam-se cidadãos por alguns dias, e após as eleições voltam as suas rotinas de miseráveis esquecidos pelo mundo. É neles que devemos pensar quando tudo for festa por aqui, nos flagelados no Espírito Santo, vitimas de um "desastre natural" como gostam de definir os políticos importantes e responsáveis por obras e ações que deveriam evitar tais tragédias, nordestinos vitimas das secas que assolaram, e continuam em algumas regiões, e acabaram com o pouco que os sertanejos tinham para a sobrevivência, vitimas de promessas passadas como a transposição do Rio São Francisco -uma obra que parece não acabar- que hoje não passa de um antro de corrupções, miseráveis jogados pelos corredores de hospitais morrendo a míngua por falta de médicos ou vagas nos hospitais públicos,  poderia ficar aqui horas escrevendo mas acho que esses exemplos servem para nossa reflexão:


Clique na imagem para ler a matéria!

Postagens populares