quinta-feira, 6 de fevereiro de 2014

A política do toma lá, dá cá, acaba nisso!

Tudo vai bem quando a coisa anda bem, uso a frase apenas para mostrar uma parte do resultado conquistado na política do toma lá, dá cá. Juro que nem na Sucupira dos anos 1970 tenho conhecimento de coisa igual, olha que na época eu era apenas um moleque -guri- e acompanhava o Bem Amado, a primeira novela em cores do Brasil, um avanço sem igual da tecnologia para a época. Jaguariaíva se orgulhava do slogan 'A cidade que tem a melhor água do Brasil, quem bebe sempre volta'.

Mas o tempo passa, com ele se vão sonhos, realizações e conquistas, ficam as decepções -principalmente políticas- que quase sempre são irreparáveis. Nos últimos cinco anos, pelo menos, tenho acompanhado muita hipocrisia em Jaguariaíva  entorno de uma estrela que se diz ter revolucionado a cidade. Notem que não estou citando nomes, por favor tirem suas próprias conclusões. 

Nas eleições de 2012, o prefeito que tentava a reeleição levava como candidato seu vice, que foi barrado pela Lei da Ficha Limpa e trocado nos últimos dias. Muito bem, o prefeito foi reeleito e batalhou até as últimas horas da sua vida, aparecendo na cidade a cada 15 dias para marcar presença, assim o seu vice não assumiria o cargo enquanto estava afastado para tratamento médico, dizem os mais fanáticos que despachava de seu quarto em uma clinica em Curitiba e, isso orgulhava e muito seus seguidores.

Com o vice barrado pelo Ficha Limpa, nomeou-o diretor/presidente da SAMAE, algo que considero irregular, ou seja o tal agora diretor/presidente é marido de uma vereadora e, pelo menos moralmente jamais poderia ser nomeado para tal cargo. A empresa então virou um cabide de empregos de simpatizantes do partido e seu herói. O novo prefeito assumiu e parece que inchou ainda mais a máquina.

O resultado, você que ajudou reelegê-lo está sentindo na pele hoje, ou pelo menos uma boa parte. Desde novembro se tem notícias de que está faltando água na cidade. Em um de seus programas semanais na emissora local, tipo 'fala que eu te escuto', o atual prefeito vem sempre amenizando o assunto e não foi uma ou duas vezes que ouvi ele falar que o problema estava resolvido. Primeiro a culpa foi da tubulação instalada há mais de 40 anos, o suficiente para a época e não foi pensado no futuro. Depois veio a construção de um poço artesiano com mais ou menos 280 metros e não alcançou a vazão ideal, está aguardando a instalação de energia elétrica para entrar em funcionamento -informação do próprio prefeito em seu programa-. Agora, na última terça-feira, com o problema agravado, e muito, a culpa foi de uma adutora que estourou e um cavalete, no sábado, em propriedade particular, que levaram meio dia para encontrar. "Falta de água são problemas que acontecem..."  foi a frase com que ele encerrou o assunto.

A população agora começa buscar água com baldes e garrafas nos rios, e o perigo é iminente, pois não se sabe quais são as condições sanitárias no local.

Fotos: Natan Soares - Facebook

Está marcado para hoje, às 17,00 horas, no bairro do Lagoão em frente ao "Bar da Cleuza" a gravação de uma matéria com a reportagem da RPC TV, onde os cidadãos deverão comparecer para um protesto. Espero que não esqueçam de protestar nas urnas também, nas próximas eleições.

Até o momento, ninguém provocou o Ministério Público na cidade, porque será?

Sei que alguns otimistas de plantão vão me criticar novamente pelo fato de estar morando fora da cidade, já de antemão garanto que há 400 quilômetros de Jaguariaíva, no meu RG está lá -Naturalidade: Jaguariaíva PR- e isto vou levar até a minha certidão de óbito. Portanto não perca seu tempo com isso, procure ajudar resolver os problemas da cidade enquanto é tempo.

Não esqueçam de economizar água, ela não falta só por incompetência, a natureza quando mal tratada também reage.

Boa Sorte Jaguariaíva!

Postagens populares