quinta-feira, 29 de outubro de 2009

Comissão da Câmara aprova criação do Dia da Cachaça

Deputado diz que 13 de setembro, dia em que a bebida foi legalizada no Brasil por Portugal, perpetuará a importância "de um dos símbolos mais representativos do povo brasileiro"

Do R7

A Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados aprovou nesta quarta-feira um projeto de lei que cria o Dia Nacional da Cachaça, a ser comemorado em 13 de setembro. A proposta ainda precisa ser votada pelo plenário da Casa e, se aprovada, segue para o Senado.

Na justificativa do projeto, o autor, deputado Valdir Colatto (PMDB-SC), afirma que a cachaça é um "símbolo nacional" e que, hoje, há uma "luta pelo reconhecimento da cachaça no mercado internacional como bebida exclusiva e genuinamente brasileira". Segundo ele, o Brasil produz mais de 1 bilhão de litros de cachaça por ano, com cerca de 40 mil produtores, mas menos de 1% disso é exportado.

O dia 13 de setembro, diz o deputado, perpetuará a importância da cachaça, "um dos símbolos mais representativos do povo brasileiro". A data foi escolhida porque foi em 13 de setembro de 1661 que a cachaça foi legalizada, após uma revolta popular contra o governo português, que proibía a sua comercialização.

No parecer favorável à aprovação do projeto na comissão, o relator, deputado Reginaldo (PT-MG), diz que a "instituição de uma data comemorativa alusiva a uma bebida tradicional do Brasil constitui o reconhecimento à nossa rica gastronomia e diversidade cultural".

- Abrideira, aguardente, cana, caninha, água benta, bagaceira, água que passarinho não bebe, birita, engasga-gato, goró, malvada, pinga, purinha são denominações pelas quais a cachaça é conhecida pelo Brasil afora, o que bem atesta que essa bebida já foi incorporada ao universo cotidiano de milhares de brasileiros.

Do Portal R7

Participe de nossa enquete:

Você concorda que a função de deputado/senador/vereador é criar datas comemorativas como o DIA DA CACHAÇA entre outras?

Postagens populares