segunda-feira, 30 de agosto de 2010

Cidadão preocupado com as condições das plantas nos corredores, visita CMSP

Atualizado em 12/09/2010 às 16,11 horas.

O cidadão Paulo Toledo, nosso amigo e colaborador, tem andado muito preocupado com as condições que se encontram as plantas que deveriam dar um ambiente mais saudável aos corredores da CMSP. Manteve contato com a assessoria do vereador e presidente da CMSP, Antonio Carlos Rodrigues (PR), e marcou uma visita para registrar as condições das plantas.

Após a visita na 6ª feira (27/08) enviou a seguinte mensagem ao presidente da CMSP:


          "Boa Tarde Sr. Presidente Antonio Carlos Rodrigues e equipe.
Conforme combinado com a equipe da assessoria de impressa da Câmara hoje às 12h00 estive em visita para verificação do estado em que se encontram as plantas dos corredores da casa.
Antes de expor a minha visão sobre essa visita deixo registrado e grifado a qualidade no atendimento da sua equipe, até um café delicioso foi oferecido e eu aceitei rapidamente.
Depois de uma longa conversa com o grande conhecedor Sr. José Carlos, percorremos do 12º andar até o térreo do edifício observando cada planta.
Segundo José Carlos, não existe uma empresa especialmente contratada para fazer a manutenção das plantas e isso se faz com ajuda de um funcionário da empresa de limpeza que tem conhecimento no assunto.
Percorrendo os corredores do seu andar, vimos que são belas as plantas que existem lá, realmente dignas de um andar tão nobre. Isso se dá segundo o José Carlos devido a várias questões, quantidade de luz natural entre outras especificações técnicas que confesso não conseguiria redigir aqui, sou leigo no assunto.
Descendo alguns andares, começa a mudar o quadro, mas nada que desabone a manutenção, mas vimos que tem plantas que não se adéquam aos locais onde estão, nosso especialista entusiasmado com nossa conversa mostrou que têm locais que as plantas não se dão bem, mas a manutenção é realizada normalmente, indiferentemente do andar onde ela está.
Um ponto me chamou a atenção e realmente faz sentido: Vendo a terra do vaso seca  um funcionário, bem intencionado, pode estar regando pensando que está fazendo o bem, mas pasmem não estão! Com grande quantidade de água a raiz da planta, por questões que nosso especialista explicou pode ter problemas e digamos “apodrecer” matando a planta. Então! Ficou registrado ao Sr. José Carlos a minha sugestão, Coloque placas indicativas, para que “não reguem a planta” em cada vaso.
Como disse a eles, textos vão da interpretação de cada um. Posso estar sendo chato em questionar coisas tão pequenas para o Presidente da Câmara, mas vejo que se todo o cidadão questiona-se o Poder Público encontraríamos soluções para muitos problemas da cidade.
Voltando, uma das coisas que perguntei, já que a planta em um determinado local não consegue viver...e por fim acaba morrendo, porque são comprados outros e colocados no mesmo lugar? Porque não há um rodízio para que os vasos possam freqüentar lugares que possam proporcionar uma saúde melhor?
Bom, a explicação é simples! Uma planta da mesma família pode vingar num local onde a outra não vingou. Interessante! Vivendo e aprendendo!
Também no ônibus de volta para casa pensei: Se a Prefeitura tem viveiros que até oferecem mudas de árvores gratuitamente para as pessoas é necessário comprar? Acredito que seria muito mais fácil utilizar plantas da própria Secretaria Municipal do Verde e Meio Ambiente.
Também poderia utilizar os formandos nas oficinas gratuitas de jardinagens a prestar aula prática em edifícios públicos como a Câmara. Boa iniciativa da Secretaria de Coordenação das Subprefeituras, em parceria com a Secretaria do Verde e Meio Ambiente, que daria mais dinâmica ao treinamento e ajudaria ao aluno a valorizar aquilo que é seu. 
Dever cumprido pelas duas partes. As plantas que estão secas e como vimos em fotos postadas e hoje de perto constatei na recepção da Câmara estão sendo realizadas tentativas para que elas sobrevivam e espalhe o seu encanto por todo o edifício...
Sou um cidadão comum que sempre estará de olho e pronto para apontar erros, discutir soluções e aplaudir acertos, hoje tive uma aula de botânica e fico aguardando para que seja sempre feliz a vida dessas plantas. Também torcendo para que o gasto do dinheiro público seja bem empregado e que as plantas se fortaleçam, porque se não...vão ser trocadas e trocadas....!
Um respeitoso abraço do amigo,
Paulo Toledo"

Atualização:


Parabéns ao cidadão Paulo Toledo, embora sem efeito imediato uma de suas sugestões foi aceita pela CMSP: 



Postagens populares