sábado, 20 de novembro de 2010

Kassab articula terceira via política em São Paulo

DANIELA LIMA
FERNANDO GALLO
DE SÃO PAULO


O prefeito de São Paulo, Gilberto Kassab (DEM), articula a formação de uma terceira via na Câmara de Vereadores para o ano que vem.

A ideia é que o novo bloco político consiga aglutinar partidos que se opuseram ao PSDB nas últimas eleições e os que hoje fazem parte do chamado "centrão" na Casa.

Inicialmente, a intenção é viabilizar a eleição de José Police Neto (PSDB) à Presidência da Câmara.


Ligado a Kassab e ao ex-governador José Serra (PSDB), Police disputa a chefia da Casa contra o vereador Milton Leite, do DEM, partido do prefeito paulistano.

Se a articulação pelo novo bloco funcionar, aliados afirmam que Kassab tentará replicar a estratégia na Assembleia Legislativa. O intuito seria reorganizar as forças políticas do Estado em um novo bloco, atraindo grupos que hoje gravitam em torno do PT e do PSDB.

Na mira dele estariam PP, PR, PC do B, PSB, PV e PSC.

A movimentação de Kassab reforça a tese de que ele deixará seu partido em direção ao PMDB, na tentativa de fazer um sucessor para 2012 e viabilizar candidatura sua ao governo em 2014.

QUÉRCIA


Segundo aliados, o prefeito busca ocupar o espaço deixado por Orestes Quércia no PMDB paulista.

Presidente da sigla em São Paulo, Quércia luta contra um câncer desde o mês de setembro e afastou-se das atividades políticas, embora, oficialmente, não tenha se licenciado da presidência estadual do partido.

O vácuo de liderança deixado pelo peemedebista, no entanto, aumentou a articulação em torno da migração de Kassab para o PMDB.

Na ausência de Quércia, as negociações estão sendo conduzidas pelo o vice-presidente eleito, Michel Temer, que acumula a presidência nacional do PMDB.

E como as conversas estão adiantadas, Kassab deu fôlego à movimentação em torno de uma terceira via política em São Paulo.

Kassab reuniu-se, por exemplo, com o vereador Netinho de Paula (PC do B). Segundo Netinho, o prefeito o procurou sinalizando sobre a saída do DEM. "O prefeito tem se aproximado. Nessas conversas, tem acenado que está indo para o PMDB e que está disposto a estreitar a relação com o PC do B", afirmou o vereador.

O comunista confirmou o esforço pela criação do novo bloco na Câmara e na Assembleia."Achamos que devemos ampliar a nossa força."

"É claro que essa movimentação me interessa. Tenho pretensões para 2012. Mas nem o PC do B ainda não discutiu se serei candidato", admitiu Netinho.

Kassab também se reuniu com políticos do PSB. O prefeito tem afinidade com o presidente estadual do partido, deputado Márcio França.

Da Folha.com

Postagens populares